Como otimizar o dimensionamento dos cabos nas bombas submersíveis

Aprenda a otimizar o processo de dimensionamento de cabos através da ferramenta de dimensionamento de cabos da Grundfos. Também lhe iremos mostrar como pode tirar proveito da ferramenta de dimensionamento de cabos.

Dimensionar e selecionara bomba e o motor certos é algo essencial em qualquer instalação de bombas submersíveis. Mas também é importante dimensionar os seus cabos corretamente.

Neste módulo, vamos mostrar-lhe como otimizar o processo de dimensionamento de cabos. Irá também conhecer a ferramenta de dimensionamento de cabos da Grundfos e ficar a saber como esta o pode beneficiar no seu trabalho. Mas, primeiro, vamos apresentar-lhe brevemente os diferentes cabos. 

Antes de mais, a tensão fornecida pelos cabos baseia-se na legislação local, por isso é importante garantir sempre que a tensão dos seus cabos corresponde a essa legislação.

Na Grundfos fazemos a distinção entre cabos do motor e cabos submersíveis.

O cabo do motor é o cabo que é fornecido com a bomba. Por norma, um motor submersível é composto por um motor e um cabo do motor. Regra geral, os cabos do motor devem estar sempre submersos em líquido. No entanto, existem exceções e falaremos nelas mais à frente. 

O cabo submersível é um prolongamento do cabo motor, ligando a bomba à alimentação. Há diferentes tipos, materiais e disposições de cabos submersíveis, dependendo da aplicação na qual a bomba está a funcionar.

Mas como é que se decide que tipo de cabo submersível devemos usar? Bem, há quatro fatores-chave. 

Em primeiro lugar, os cabos de motor standard são adequados para água potável bruta e adaptá-los a outros líquidos é algo que tem de ser avaliado caso a caso. Isto demonstra o primeiro dos quatro fatores anteriormente referidos: selecionar o seu tipo de cabo submersível com base no fluido bombeado. 

As perdas de tensão também têm uma influência significativa. Durante o processo de dimensionamento do cabo, poderá descobrir que a amperagem do seu cabo do motor é tão reduzida que este pode ser usado no ar, permitindo-lhe usar efetivamente o seu cabo do motor como cabo submersível no ar, apesar de se destinar a funcionamento submerso.

Depois temos o fator financeiro. Todas as perdas que sofre na sua instalação de bombas submersíveis também se irão refletir nos custos de funcionamento da instalação. Por isso, é importante avaliar a dimensão dessas perdas, em combinação com o tamanho do cabo selecionado. Dessa forma, poderá reduzir os custos do ciclo de vida, e, ao mesmo tempo, melhorar as condições do seu motor submersível.

FPor último, temos a configuração, ou a disposição do cabo. O cabo do motor tem impacto no tipo de cabo submersível que seleciona, portanto, se o cabo do motor for uma junção, por exemplo, tem de assegurar que há correspondência com o cabo submersível. As junções de cabos são a solução mais rentável. 

Uma vez que as escolhas de cabos submersíveis são um investimento único, é importante que dimensione e selecione os mesmos com base em critérios ideais. Caso contrário, arrisca-se a desperdiçar dinheiro sempre que a bomba estiver a funcionar.

A forma mais fácil de dimensionar e selecionar os seus cabos é usando a ferramenta de dimensionamento de cabos da Grundfos. 

Pode encontrar a ferramenta de dimensionamento de cabos no Grundfos Product Center. Aí, basta clicar em "Tools", selecionar "Calculadora de cabos" e inserir os valores da sua instalação. Vamos analisar esses valores em detalhe um pouco mais à frente. 

Por "dimensão do cabo" referimo-nos à secção transversal dos fios individuais no cabo submersível. O cabo submersível é um componente essencial para uma instalação de bombas submersíveis sem problemas. Se o cabo for subdimensionado, o desempenho da bomba poderá ser afetado, o que poderá expor a instalação a uma tensão de alimentação reduzida.

Quanto maior for a área transversal, menores serão as perdas de energia no cabo e, portanto, melhor será a capacidade de o cabo transportar a corrente. Tenha em atenção que quanto mais elevada for a corrente do motor ou mais longo for o cabo, maior terá de ser a dimensão do cabo.

Em algumas ocasiões, a ferramenta de dimensionamento irá recomendar um cabo igual ou menor à dimensão do cabo do motor e, nesses casos, poderá usar o cabo do motor como cabo submersível.

Ao dimensionar um cabo submersível para instalações submersíveis, é importante distinguir entre instalações monofásicas e trifásicas. Na parte final deste módulo iremos focar o dimensionamento e o cálculo de uma instalação trifásica.

Ao calcular a dimensão do cabo submersível, precisa de saber os seguintes valores: O comprimento do cabo. A tensão nominal de rede. A corrente nominal do motor. Instalação monofásica ou trifásica. O método de arranque. A temperatura ambiente.

No entanto, ao adicionar um filtro de onda sinusoidal, o sinal interferido é convertido num sinal sinusoidal puro. Isto não só ajuda a prolongar a vida útil do seu motor, como também significa que os seus cabos submersíveis não têm de ser blindados, o que reduz os custos de instalação.

Quando souber estes valores, basta adicioná-los à calculadora de cabos, que lhe indicará uma dimensão de cabo recomendada. É simples. Se quiser calcular a dimensão do cabo submersível manualmente, poderá precisar dos seguintes dados adicionais: A percentagem de queda de tensão. Os materiais do cabo. A resistência indutiva. A perda de potência.

E assim terminamos o tema dos aspetos principais do dimensionamento de cabos. Se quiser aprofundar o assunto e testar a ferramenta de dimensionamento de cabos, visite o Grundfos Product Center ou descarregue já gratuitamente a aplicação de dimensionamento de cabos. Aproveite!

Visão geral do curso

Módulos
Módulos: 3
Tempo de duração
Tempo de duração: 25 minutos
Nível de dificuldade
Nível de dificuldade: Avançado

How to optimise cable sizing in submersible pumps

Learn how to optimise the cable sizing process by means of the Grundfos cable-sizing tool. We will also show you how to use the cable sizing-tool to your advantage.

Sizing and selecting the right pump and motor is crucial in any submersible pump installation. But it’s also important to size your cables correctly.

In this module, we will show you how to optimise your cable-sizing process. You will also learn about the Grundfos cable-sizing tool and how it can benefit you in your work. But first, we’re going to briefly take you through the different cables.

First of all, the voltage provided by the cables are based on local legislations, so it’s important to always ensure that the voltage of your cables is consistent with these legislations.

At Grundfos, there is a distinction between motor cables and drop cables.

The motor cable is the cable that is delivered with the pump. Typically, a submersible motor consists of a motor and a motor cable. A general rule of thumb is that motor cables must always be submerged in liquid – exceptions occur, however, and we’ll get back to that shortly.

The drop cable extends from the motor cable, connecting the pump with the power supply. There are a number of different drop cable types, materials and layouts depending on the application in which the pump is operating.

But how do you decide which type of drop cable type to use? Well, there are four key factors.

First of all, standard motor cables are suited for raw drinking water, and making them suitable for other liquids is something that needs to be evaluated from case to case. This demonstrates the first of the four aforementioned factors: selecting your drop cable type based on the pumped media.

Voltage losses also have a significant influence. During the cable-sizing process, you may find that the amperage of your motor cable is at such a low level that it can be used in the air, allowing you to actually use your motor cable as a drop cable in the air, despite the fact that it is intended for submerged operation.

Next, there is the financial factor. All the losses you experience in your submersible pump installation will also be evident in your installation’s operation costs. Therefore, it is important to evaluate the size of these losses combined with the chosen cable size. That way, you can reduce life cycle costs, and, at the same time, improve the conditions of your submersible motor.

Finally, there’s cable configuration – or, the cable layout. The motor cable has an impact on the drop cable type you select, so if your motor cable is jacketed, for instance, you need to ensure that the drop cable matches it. Jacketed cables offer the most cost-efficient solution.

As drop cable choices are a one-time investment, it’s important that you size and select it based on the optimal criteria. If not, you risk wasting money every day the pump is in operation.

The easiest way to size and select your cables is by using the Grundfos cable-sizing tool.

You can find the cable-sizing tool on Grundfos Product Center. Once here, simply click “Tools”, select “Cable Calculator”, and enter the values of your installation. We’ll take a closer look at these values a bit later.

By “cable size”, we refer to the cable cross-section – of the individual wires in the drop cable. The submersible drop cable is a key component for a trouble-free submersible pump installation. If the cable is undersized, the performance of the pump may be affected, which might expose the installation to a reduced supply voltage.

Visão geral do curso

Módulos
Módulos: 3
Tempo de duração
Tempo de duração: 25 minutos
Nível de dificuldade
Nível de dificuldade: Avançado