Pesquisa e Insights

Depósito de membrana

O volume de água num sistema de tubagens irá variar dependendo da sua temperatura. É utilizado um depósito de expansão para garantir a absorção de volumes excessivos de água. Isto consiste normalmente num depósito fechado, no qual uma membrana flexível absorve o excesso de pressão.

O lado do depósito de gás contém nitrogénio. A sua pressão predefinida deve corresponder a pelo menos a pressão estática mais 0,5 bar. Poderão ocorrer rupturas ou explosões no funcionamento da tubagem devido a pressão excessiva se um depósito de membrana não for incluído.

Em aplicações de pressurização, os depósitos de diafragma podem ser usados no colector de descarga e de aspiração. Ligado ao colector de aspiração, um depósito serve para compensar as flutuações das pressões de entrada.

Pressão em períodos de caudal baixo: Os depósitos de diafragma são normalmente utilizados no colector de descarga para garantir o armazenamento de água no sistema em situações de caudal muito reduzido. Isto diminui o tempo de funcionamento das bombas de pressurização, tornando o sistema mais rentável.

Elimina o golpe de aríete: Uma vez que o diafragma é flexível, é capaz de se adaptar a variações de pressão súbitas, neutralizando assim o golpe de aríete.

Quando utilizar os depósitos de diafragma: Se forem esperadas condições de caudal reduzido ou de ausência de caudal, deverá ser utilizado um depósito de membrana para funcionar em conjunto com a Função de Paragem do sistema de pressurização.

Em áreas onde a pressão de entrada varia, são frequentemente instalados depósitos de membrana no colector de aspiração para reduzir os picos de pressão prejudiciais.

A gama de sistemas de pressurização Hydro MPC da Grundfos é ideal para um funcionamento seguro e energeticamente eficiente, juntamente com um depósito de membrana para aplicações em edifícios comerciais e também para os requisitos mais pequenos de pressurização em edifícios domésticos.