Pesquisa e Insights

Bombas de retenção de pressão

A manutenção da pressão é um sistema utilizado para manter uma pressão estática constante nos sistemas de aquecimento e de refrigeração, de forma a garantir um funcionamento ininterrupto. Isto pode ser alcançado de várias formas diferentes.

Em sistemas de aquecimento de pequenas dimensões fornecidos por caldeiras, é possível atingir uma pressão estática constante com um recipiente de expansão aberto. Este recipiente está colocado no ponto mais alto do sistema. É assim criada uma pressão estática correspondente à altura física.

Em sistemas fechados mais pequenos, é possível atingir uma pressão estática constante com um vaso de expansão pré-pressurizado. A utilização de um recipiente de expansão pré-pressurizado em sistemas de maiores dimensões seria inconveniente devido à dimensão de grandes dimensões necessária.

Por esse motivo, os sistemas de manutenção de pressão são utilizados em sistemas de maiores dimensões. Estes podem conter um vaso de expansão de pressão, com um compressor fixo ou uma bomba de retenção de pressão. O compressor ou a bomba asseguram automaticamente que a pressão estática correta é mantida no sistema através da regulação da pressão do vaso.

Um sistema de manutenção de pressão baseado em bomba é composto por uma ou mais bombas ligadas em série. As bombas podem ser equipadas com um regulador de velocidade, por exemplo, conversor de frequência, para manter a pressão correcta no sistema. Neste caso, um depósito de expansão de pressão não é necessário porque as próprias bombas são capazes de regular a pressão.

Os sistemas de manutenção da pressão que utilizam bombas com velocidade regulada são superiores aos sistemas que utilizam recipientes de expansão. Neste último caso, uma bomba de velocidade constante que mantenha um caudal constante poderá provocar picos de pressão quando a bomba arranca e para. Além disso, um sistema de manutenção de pressão requer menos espaço físico, uma vez que não existe vaso de expansão.

É possível utilizar um depósito de expansão de pressão combinado com uma bomba de retenção de pressão para remover o ar da água de processo. Um pequeno volume de água é introduzido no recipiente, o qual não é pressurizado. Quando a pressão desce para a pressão atmosférica, a maioria do ar é libertada. Um volume semelhante de água é bombeado de volta para o sistema por uma bomba de retenção de pressão para manter a pressão pretendida no sistema.

A gama de bombas de circulação da Grundfos, com ou sem controlo de velocidade variável, são ideais como bombas de retenção de pressão.

Aplicações relacionadas

Localize aplicações da Grundfos relacionadas com este assunto.