As fases do processo de tratamento de águ

AS FASES DO PROCESSO DE TRATAMENTO DE ÁGUA

Obtenha um resumo das diferentes fases do processo de tratamento de água industrial para compreender o que implica cada uma das etapas. 

O tratamento de água industrial abrange várias fases de processo, cada uma com um objetivo muito específico.

Nesta tarefa vamos abordar as fases uma a uma em mais pormenor.

A primeira fase no processo de tratamento é a aeração.

A aeração elimina componentes voláteis, como ácido sulfídrico, amoníaco ou dióxido de carbono, levando oxigénio à água.

A aeração também pode ser usada para oxidar o ferro ou outros compostos e libertá-los da água.

Estão disponíveis vários métodos de aeração.

Defletores de palhetas, misturadores ou discos giratórios de materiais porosos são as soluções mais usadas para introduzir ar na água.

A fase seguinte é a floculação.

O objetivo do processo de floculação é coagular micropartículas e substâncias dissolvidas em partículas maiores que podem ser filtradas e eliminadas na fase seguinte.

São utilizados dois tipos de químicos para coagular os flocos:

Agentes de floculação primários, habitualmente sais de ferro e alumínio, e agentes de floculação secundários, que são polímeros orgânicos longos.

Queremos remover todas as partículas da água.

Isso faz-se separando a água das partículas, um processo que pode ser realizado por meio de filtros de areia ou tecnologia de membranas, recorrendo a microfiltragem ou ultrafiltragem.

Quaisquer substâncias dissolvidas podem ser removidas na fase seguinte adicionando carvão ativado em pó e posteriormente filtrando a água com um filtro de areia.

Quando todas as partículas e substâncias tiverem sido removidas da água, é altura de adicionar conteúdos na fase de desinfeção.

A desinfeção pode ser conseguida através de métodos físicos, como, por exemplo, luz UV, ou doseando um desinfetante químico.

O método de desinfeção a selecionar depende da aplicação em causa e da qualidade da água.

A água com um valor de pH igual ou superior a oito não pode ser tratada com cloro, dado que este desinfetante não é eficaz nesse intervalo de pH.

Usar luz UV em água com um grau elevado de turvação não será tão eficaz, pois a luz UV não atravessa a água tão facilmente.

No fim é precisa uma fase de estabilização para equilibrar a composição da água após a remoção e adição de conteúdos durante o processo de tratamento.

A estabilização implica, por norma, o ajuste do pH, equilibrando a água com minerais como cálcio e magnésio ou removendo ferros.

O principal objetivo de equilibrar a composição química da água é evitar a corrosão nas tubagens e nos restantes materiais usados no processo industrial.

É também na fase de estabilização que se garante que o estado da água cumpre as normas e regulamentações aplicáveis, por exemplo, no tratamento de água residuais.

Esta fase é muito importante, visto ser a última paragem antes de a água ser distribuída para o processo industrial do qual faz parte.

Ao longo de todo o processo de tratamento de água, diferentes funções de medição e controlo garantem que os resultados necessários em cada fase do processo são alcançados e que as especificações são cumpridas.

Para terminar, vamos abordar brevemente a variedade de bombas e soluções de desinfeção que ajudam a garantir o sucesso do processo de tratamento de água, desde bombas centrífugas e bombas de aspiração axial a soluções de doseamento digital e equipamento de monitorização.