Uma introdução aos princípios essenciais da hidráulica

Uma introdução aos princípios essenciais da hidráulica

Conheça os princípios essenciais da hidráulica, incluindo termos como caudal e altura manométrica. 

Em termos de hidráulica nos sistemas de bombeamento de água, há que considerar três grandes parâmetros: caudal, altura manométrica e potência, ou Q, H e P.

Neste breve módulo, vamos apresentar estes parâmetros básicos e a interligação entre eles.

Vamos começar. O caudal (Q) é habitualmente medido em m³/h. Em termos simples, o caudal descreve a quantidade de água que uma bomba move através das tubagens num determinado período de tempo.

É exatamente por isso que é medido em m³/h. A altura manométrica (H) de uma bomba é a pressão que ela consegue fornecer.

Descreve a altura à qual a bomba consegue elevar a água. Assim, se a altura manométrica de uma bomba for, por exemplo, 20 metros, significa que a bomba consegue elevar a água 20 metros no ar.

Por fim, temos a potência (P). Como o nome sugere, a potência indica a força e a velocidade às quais a água é movida.

A potência é medida em quilowatts.

Como a potência depende do caudal (Q) e da altura manométrica (H) já referidos, pode ser medida usando a seguinte fórmula: P = Q x H x c.

Neste cálculo, c é uma constante que depende da eficiência da sua bomba, do nível de gravidade, e do fluido que está a bombear.

Tenha em mente que se duplicar o caudal ou a altura manométrica da bomba, duplica automaticamente a potência da bomba. E se duplicar tanto o caudal como a altura manométrica, quadruplica o consumo energético.

Assim terminamos a nossa introdução aos princípios essenciais da hidráulica. Obrigado por participar.