Porque a água é essencial para a vida?

Porque a água é essencial para a vida?

A água é importante para proteger e manter a vida; sem ela, só conseguiríamos viver um dia ou dois. Ouça o Professor Søren Rud Keiding explicar porque a água é absolutamente essencial para a vida na Terra.

Para mim e para vocês, a água é absolutamente essencial. O nosso corpo contém cerca de 70% de água e, na verdade, o nosso coração é uma bomba de água muito, muito eficiente. Usamos o sangue para fornecer combustível e oxigénio aos músculos para nos movermos. E, nos glóbulos vermelhos, transportamos o oxigénio.

E a água consegue transportar tanto as células como os nutrientes. É isso que usamos para manter a nossa temperatura corporal. Quando viajamos para o espaço para procurar encontrar vida, na verdade não procuramos pessoas, estamos à procura de água. E, se encontrarmos água, também poderemos talvez encontrar e conhecer novas civilizações.

Por isso, empresas como a Grundfos, cujo principal foco é, na verdade, mover água, são muito, muito importantes para proteger a vida aqui na Terra. Um bom exemplo da importância da água na manutenção e preservação da vida é o tempo que podemos realmente sobreviver sem água. Sem comida podemos sobreviver uma ou duas semanas.

Mas, sem água, só conseguiremos viver um dia ou dois. Na verdade, esta proteção também foi muito importante há cerca de 3,5 mil milhões de anos quando começou a vida na Terra. A maior parte dos cientistas acredita que a vida começou em pequenos lagos de água. Nesses pequenos lagos de água surgiram organismos biológicos muito, muito simples que, na verdade, eram protegidos pela água. Quando ficava mais frio, eram protegidos pelo gelo que se formava em cima.

Ou seja, a água é essencial para a vida. É essencial para manter a vida, mas também é muito importante para proteger a vida. Uma das propriedades mais importantes da água é a capacidade de dissolver coisas em água. É essencial colocar coisas na água para as transportar no nosso corpo e em outros lugares. Por ex., a quantidade de sal que o nosso corpo processa diariamente é bastante elevada. Temos sal no sangue e o sangue passa pelos rins: nos rins, o sal é trocado.

E não são só pequenas quantidades de sal todos os dias. Na verdade, cerca de um quilo de sal (isto é cerca de um quilo de sal) é processado diariamente pelos rins. Estes processos, como as coisas entram na água e voltam a sair, são importantes nos nossos rins, mas também são importantes para compreendermos como a água doce se transforma em água potável e como podemos dessalinizar água salgada do oceano.

Quando estudamos o sistema solar, o universo e a nossa galáxia, conseguimos ver muito, muito longe. Conseguimos ver moléculas em galáxias distantes. Conseguimos ver moléculas a muitos, muitos mil milhões de anos-luz de distância. E o interessante é vermos que as moléculas que existem aqui na Terra são exatamente iguais às que existem no espaço. Então, se vivêssemos em outra galáxia e estivéssemos a estudar para um exame de física e química, os manuais escolares e o estudo seriam exatamente iguais aos da Terra. Porque temos, aqui, as mesmas moléculas e os mesmos átomos que existem em todo o universo.