Artigo

Funcionamento ineficiente devido ao comissionamento incorreto

O desafio no comissionamento dos sistemas de aquecimento é a obtenção do caudal adequado, do melhor desempenho e do maior conforto possível. Mas isso não é fácil com os sistemas de aquecimento atuais a serem construídos e a funcionar de forma diferente.



O desafio de comissionamento de um sistema de aquecimento 

Já nos deparámos todos com os efeitos secundários de um comissionamento incorreto:

  • Consumo de energia excessivo
  • Ruídos
  • Desgaste geral do sistema
  • Clientes insatisfeitos

Não é um problema fácil de resolver. Aquando da instalação da bomba, é muitas vezes difícil saber que ajuste deve ser utilizado e isto pode provocar mais inconvenientes do que aqueles que precisámos. Tradicionalmente, a velocidade da bomba do sistema foi ajustada para proporcionar a pressão suficiente para garantir o caudal de água adequado em todas as áreas do edifício. Mas isso nem sempre é ideal. 

A dor de cabeça dos ajustes

Normalmente há um ajuste recomendado na maioria das bombas para o melhor funcionamento do sistema. A seguir vamos destacar os requisitos de dois dos sistemas mais comuns – piso radiante e radiadores. 

Piso radiante

Trata-se de uma forma eficiente de aquecer uma casa, mas requer um comissionamento cuidadoso (equilíbrio e ajuste da bomba) devido à temperatura de baixo caudal. 

As perdas de pressão no coletor do piso radiante são praticamente independentes da procura/caudal de calor para zonas individuais. Isto significa que a bomba deve ser colocada no ajuste de pressão constante em que a pressão diferencial se mantém constante, assegurando um caudal constante em cada zona individual, independente das outras zonas. Isto garante a temperatura ambiente adequada, proporciona conforto ao proprietário da casa e evita a utilização desnecessária de energia. 



Radiadores

Em sentido inverso, os radiadores com válvulas termostáticas dos radiadores (TRVs) utilizam a válvula para ajustar o caudal para o radiador de acordo com a procura de calor. Isto garante a temperatura ambiente adequada e o melhor conforto ao proprietário da casa. 

Uma baixa procura/caudal de calor resulta em menos perdas de pressão nas tubagens e nos encaixes do sistema de aquecimento, neste caso para evitar uma pressão da bomba que seja demasiado alta, o que resulta na utilização desnecessária de energia e num risco de válvulas ruidosas. A bomba deve ser colocada no ajuste de pressão proporcional em que a pressão diferencial se ajusta proporcionalmente ao caudal necessário no sistema.



O AUTOADAPT facilita o dia-a-dia

Os circuladores Grundfos são proporcionados com um leque de oportunidades que o ajudam a encontrar o ajuste de controlo correto para um sistema de aquecimento, independentemente de o circulador se encontrar integrado numa caldeira, bomba de calor ou solução independente.

A forma mais fácil de resolver a maioria das suas preocupações relativas ao comissionamento é escolher um circulador com Grundfos AUTOADAPT. Esta função ajusta continuamente o desempenho da bomba à procura de calor real – por exemplo, o tamanho do sistema e a mudança da procura de calor durante o ano. A função encontrará o ajuste que proporcione o melhor conforto com o mínimo consumo de energia e que contribua para um comissionamento rápido, seguro e fácil. No geral, o AUTOADAPT ajuda a oferecer o menor consumo de energia possível, ao mesmo tempo que otimiza o conforto doméstico dos seus clientes.  

BENEFÍCIOS DO AUTOADAPT

  • Oferece o melhor conforto aos clientes
  • Minimiza as chamadas de retorno
  • Reduz o risco de ruídos no sistema

Quer saber mais sobre o Grundfos AUTOADAPT?

Há várias opções para uma aprendizagem mais prática na nossa plataforma de formação online Ecademy 

A instalação da bomba facilitada

Há vídeos dedicados que lhe mostram os modos de controlo que são utilizados em cada bomba e lhe ajudam a encontrar o ajuste adequado para que qualquer sistema de aquecimento obtenha o melhor desempenho.